Percorrendo linhas e trajetórias entre Vila Olímpia e Bom Retiro - estudo do meio do 4º ano

 
 
Como é bom aprender em outros territórios! Sentindo novos cheiros, sabores, observando imagens nunca antes vistas, permitindo a troca com pessoas que cruzam nosso caminho, notando as diferenças que são tantas quando nos afastamos de nosso "habitat natural".
O estudo do meio do 4º ano foi aqui mesmo, em São Paulo. Partindo do nosso eixo temático Deslocamentos e Trajetórias, fomos descobrir como a maior parte das pessoas se locomove em nossa cidade. Experimentamos – para muitas crianças pela primeira vez – o transporte público: trem, metrô e ônibus.
 
Pudemos ver a quantidade de linhas e trajetos que interligam nossa cidade, possibilitando o deslocamento de milhões de pessoas diariamente. Conversamos com ciclistas, usuários de trem, metrô, ônibus, e com as pessoas que trabalham para que tantos trajetos sejam realizados. Quantas histórias ouvimos!
 
Nosso destino era o Bom Retiro. Lá, fomos atrás de respostas para muitas perguntas que havíamos feito. Mas também descobrimos que, quanto mais tentávamos responder, mais perguntas apareciam!
 
Como poderíamos chegar ao Bom Retiro utilizando o transporte público, partindo da Vila Olímpia? Por que escolhemos o Bom Retiro? O que este bairro representa na história da nossa cidade? Na nossa história? Quem habita aquele lugar? Que culturas podemos encontrar lá? E o que elas têm a nos ensinar?
 
Foi muito curioso notar tantas placas em outros idiomas e alfabetos. Imaginar como foi para esses imigrantes, que não conheciam nosso alfabeto, chegar ao Brasil e não reconhecer nem mesmo as letras das placas, as sinalizações, os cartazes! Ao circular em territórios ocupados por coreanos, pudemos sentir algo parecido.
 
Aprendemos muito ao observar ativamente. Ao caminhar com atenção pelas ruas. Ao conversar com as pessoas. Pessoas muito diferentes daquelas com as quais convivemos no nosso dia a dia. São novos rostos, corpos, idiomas. Culturas diferentes. Quem diria que, em São Paulo, cabem tantas outras cidades, estados e países! Paraíba, Sergipe, Bahia, Pernambuco, Bolívia, Colômbia, Haiti, Polônia, Iugoslávia, Coreia...
 
Foi muito bom ver nossas crianças abertas às experiências, com vontade de conversar, trocar e aprender. Também foi muito importante poder explorar a cidade por meio de um roteiro flexível, que possibilitou interações imprevistas, como a conversa com dona Rosa ou a visita ao Centro Cultural Coreano, que não estavam no roteiro original, mas enriqueceram muito nossos estudos.
 
Para além de todos esses aprendizados com o outro, o estudo do meio ainda permitiu descobertas valiosas dentro dos nossos próprios grupos de 4o ano: novas interações entre nós. Viver momentos tão gostosos juntos fortaleceu nossos laços. 
 
Pés cansados, cabeças fervilhantes! Sair da Escola nos fez perceber que aquilo que aprendemos na sala de aula se relaciona diretamente com a nossa vida, com a vida de pessoas diferentes de nós, com a cidade. Vivenciar, participar da vida pública, experimentar a cidade foi o que fizemos!
 
O que temos agora pela frente são muitas outras perguntas a serem pesquisadas e diversas novas histórias a serem compartilhadas. 
 
 
Júlia Souza - Professora Auxiliar do 4º ano - F1